domingo, 22 de julho de 2012

Vídeo: Hamster Hell

Olá a todos!
Como sabem, os administradores do blog são pessoas atentas aos cuidados que a sociedade tem com os animais, chegando a ficar perturbados com muitas atitudes que são tomadas.


Não é raro ver em lojas de animais, feiras ou sites onlines de supostos criadores (para não denegrir os criadores profissionais, chamemos a estas pessoas irresponsáveis, que reproduzem animais sem eira nem beira, "criadeiros") hamsters juntos em gaiolas minúsculas, dezenas de chinchilas numa gaiola a morrerem de calor, animais disformes e doentes vítimas de cruzamentos consanguíneos e maus-tratos...


E é aí que nos vamos focar na postagem de hoje, nos maus-tratos que diariamente milhares de animais ao redor do mundo sofrem. Cães que são torturados pelo prazer de humanos com instintos animalescos, gatos que são abandonados e enxotados na rua, belas aves que são levadas do seu habitat natural para satisfazer os prazeres de pessoas egoístas, pequenos roedores indefesos que são mantidos em condições degradantes... Enfim, as palavras não chegam para descrever até que ponto vai a crueldade humana.


Mas como sabem, para já, o blog é mais direccionado para hamsters, que é o animal de estimação que nós temos. Assim, vamos divulgar o vídeo que sintetiza a mente de muitos jovens e pessoas adultas hoje em dia.


O vídeo é fruto de uma animação em plasticina, mas contém cenas que podem chocar, devido ao seu humor sádico e macabro. Neste vídeo vê-se de tudo: Hamsters a viverem juntos numa caixa de papelão sem as condições mínimas de sobrevivência, debaixo da cama. São negligenciados, por vezes falta-lhes comida, água, protecção e acima de tudo amor e respeito. Os frutos destes actos são horríveis: uma ninhada que não foi programada e acaba por ser comida pela mãe, e dois hamsters mortos de maneira cruel.


Mais uma vez avisamos que as pessoas podem ficar sensibilizadas com este vídeo, após visionarem, não somos responsáveis por qualquer coisa que possam alegar:



Teremos todo o gosto em responder às dúvidas que este vídeo possa levantar, pois é claro que há várias coisas que são exageradas para que as pessoas possam acordar e ver a crueldade que se está a passar à sua volta.

14 comentários:

  1. Cena Macabra a dos bebes e de comerem-se um ao outro !!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem razão, mas é uma maneira de despertar quem faz estas coisas :/

      Eliminar
  2. E pensar que existem mesmo essas pessoas... Esse vídeo me chocou mesmo. Acho importante mostrar para as pessoas que nunca devemos tratar os animais assim, independente de qual seja. Todos merecem viver bem, saudáveis e felizes, em vez dessa CADEIA, como o vídeo diz. Só de olhar já me arrepio...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Somos duas Luísa.
      Este vídeo mostra muitas atitudes que algumas crianças, só porque pensam que podem fazer tudo, compram animais sem autorização dos pais.

      E depois guardam-nos sem condições debaixo das camas, em armários, até que se tenham de livrar deles dos modos mais cruéis imaginários...

      Espero que isto desperte muitas mentes

      Eliminar
  3. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu compreendo a frustação mas não se deve usar desse tipo de linguagem no blog :)

      Eliminar
  4. Vídeo Macabra sendo que existem muitas pessoas que fazem isso, Fiquei chocado quando o garoto que martelou a mãe, Ocorreu bastante maus tratos no vídeo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade.

      Pena que na vida real aconteça o mesmo.

      Crianças levam hasmters para a escola dentro de bolsas fechadas, caixas de plásticos. Molham-nos. Colocam-nos dentro de carros de brincar, telecomandados ou não, e fazem corridas ou brincam aos acidentes...

      Tanta crueldade, este vídeo é só uma amostra

      Eliminar
  5. Oi shiro! Esse vídeo realmente é horrível, mas temos que pensar de outra maneira...
    Esse video demonstra o que crianças irresponsáveis, criando bichos em segredo, escondindo dos pais ou não, podem fazer se não houver a supervisionação!

    O vídeo é horrível sim, cenas que demonstram maus-tratos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente, choca para que as pessoas possam mudar de atitude!

      Eliminar
  6. Esse vídeo é um absurdo. Eu tenho um hamsterzinho muito fofo, hoje ele já é um velhinho, mas para eu conseguí-lo foi muito difícil. Eu fiquei cinco meses pesquisando sobre hamsters até provar a minha mãe que eu podia criar um. E eu sempre fiz de tudo pra ele ter a melhor vida possível, e assim farei até o dia em que Deus chamá-lo. As pessoas deviam mudar de atitude e perceber que eles tem vida e não são brinquedos, e que dependem apenas de nós para viver, já que eles não podem ir lá e trocar a serragem, nem a água, nem a comida. Eu fiquei chocada. Eu estou chocada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A administração do blog também ficou muito chocada com o vídeo e colocou aqui para ver se toca nos corações de pessoas que não têm os mínimos cuidados com estes animais indefesos.

      Elogio muito o facto de ter pesquisado ANTES de comprar, pois a grande maioria só o faz depois de comprar ou quando os problemas surgem.

      Eliminar
  7. Triste. O pior é que eu já conheci muita gente cruel e sem responsabilidade como mostra no vídeo.
    Certa vez, conheci uma família em os pais compraram, para seu filho de 8 anos, um casal de hamsters anão russo. Os bichinhos viviam em uma gaiola minúscula e o menino só os alimentavas com porcarias (bolachas, salgadinhos etc) e seus pais achavam que não havia necessidade de comprar ração e sementes para os hamsters, "já que rato come qualquer coisa" (eles falavam).
    Resultado de tudo isso: os hamsters, obviamente, procriaram várias vezes, e o pai do garoto acabou por jogar, todas as vezes, os filhotinhos na rua, para que morressem. Um dia, o garoto resolveu que não queria mais os bichinhos e os abandonou dentro de uma caixa na rua.

    ResponderEliminar

Não queremos dicussões e aceitamos todo o tipo de sugestões!
Podem também nos colocar as vossas dúvidas :)